Casas com gente lá dentro




A coisa é tão simples quanto a minha casa é minha e de quem lá vive e por isso deve adaptar-se a nós. Podemos ter ataques de piroseira e pôr o serviço de jantar à mostra para as visitas verem, mas a nossa casa é nossa e é onde nos devemos sentir bem. Não acredito em casas "para a fotografia". Acredito em casas arrumadas - dentro do possível - e (des)organizadas para que uma família viva confortavelmente nela. Com aquilo que gostamos, com o que faz parte de nós. Com algumas modas e tendências, pois sim, mas acima de tudo com o brilho de ser vivida como merece.
Foi isso que me passou pela cabeça quando vi as fotografias da casa da Jenni Li, que se mudou com a família de Manhatan para Brooklyn depois de fazer uma mega renovação numa casa em que o branco manda, em que o que lá está é o que é preciso e não há tralha desnecessária. Uma casa é isto. Nós e a nossa vida lá dentro, sem penduricalhos.

domino1

domino4

domino6

domino7

domino9

domino10

domino11

Imagens da Britanny Ambrige para a Domino, via sfgirlbybay

Leave a Comment

  1. Depois de ter vivido mais de um ano numa casa com um compartimento de cada cor, onde se destacava a "moderna" sala verde, percebi que não há mesmo nada como o branco...
    Fim à mania da "poluição cromática" nas casas! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já tentei isso, mas cores a mais cansam. Prefiro que sejam usadas de modo a que as possamos alterar sem grande chatice! E sim, uma parede branca dá para uma infindade de coisas, por isso é muito melhor!!

      Eliminar
  2. Adoro! Mas fico deprimida com estas casas...!! Tudo no sítio, tudo no lugar...impecavelmente limpa e organizada numa desorganização aparente e estudada...na minha há sempre alguma coisa para apanhar do chão, algum objecto para enfiar numa gaveta...migalhas, lápis, canetas, elásticos...humpft!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me chegam a deprimir porque têm miúdos e se olhares bem há sinais de que é bem usada - as almofadas do sofá estão todas amarrotadas, há um sofá com um cobertor por cima que pode ser sinal de estar a esconder alguma coisa - e já se sabe que teve de ser "arrumada" para tirarem as fotos. Ainda assim, não parece um museu como muitas que vejo para aí. :D Mas não te deprimas - eu arrumo as mesmas coisas, nos mesmos sitios, todos os dias e mais as migalhas da cozinha, o copo que ninguém meteu na máquina.... enfim. Só de pensar, canso-me!!

      Eliminar
  3. Gostei muito. Também sou apologista do branco com apontamentos de cor. Gosto de casas com gente dentro, arrumadas q.b. e sem penduricalhos. :)

    ResponderEliminar
  4. Embora adore o branco, não consigo ter a minha casa toda branca... acho frio..
    A minha casa tem cor, a contrastar com o branco dos rodapés, das portas e de alguns painéis lacados a branco. Gosto de cor!! Prontosssssss... :)
    Adoro o estilo escandinavo, mas com apontamentos de cor!!!
    Beijinhos Ana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A cor tem de entrar sempre...e os escandinavos têm aquela maneira especial de transformar as casas frias em casa quentes de onde não apetece saír!

      Eliminar
  5. Eu sou adepta de cada um põe a cor que entende na parede e pendura nela o que entende, a nossa casa é a nosso mundo, a minha é o meu! nunca poderia ser de outra maneira porque então não era a minha casa... sou adepta de cores mais para o claro não necessáriamante branco embora o utilize nas casa de banho porque não têm janela e ficam com mais luz. O resto eu faço o que entendo por aqui. Quanto a arrumação tenho tudo impecável nos minutos a seguir à arrumação e limpeza, depois ... logo se vê... mas gosto muito especialmente de casas vividas e detesto casas museus.

    ResponderEliminar
  6. Que delícia! Adoro casas brancas e fico doente quando vejo casas com muitas paredes coloridas. Acho que adoecia lá dentro eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu preciso de paz e sossego em casa. Ambientes com muito barulho visual baralham-me as ideias!!

      Eliminar

Eu sei que comentar é uma chatice, mas adoro saber as vossas opiniões. Obrigada!!