Hi, my name is Ana and I'm addicted to...




Jane Cumberbacht office

(Scroll down for english)
... e-courses, e-books, tutoriais, eu sei lá. É tão simples quanto chegarmos a uma altura da nossa vida em que sabemos o que realmente nos interessa, que podemos escolher para que lado ir. Ou, ainda melhor, estudar o que queremos sem ter que dar contas a ninguém. 
Levo tudo à frente, desde que me interesse. Se tivesse um diploma por cada curso que fiz, não havia paredes nesta casa, colecciono e-books que imprimo religiosamente - sim, sou herege a esse ponto. Gosto de ler, de sublinhar, de tirar notas. De ver a secretária afogada em papeis. De olhar para as capas todas alinhadas na prateleira. De seguir à risca o que dizem, ou de não ligar absolutamente nenhuma e descobrir que afinal o meu caminho não é assim tão mau. Gosto de fazer planos, de dizer "a partir de agora é assim". Gosto deste processo de aprender sem ter de ser avaliada, de me sentir crescer com conhecimentos que fui eu que escolhi seguir.
A certa altura sinto-me overwhelmed. Não sei para que lado me vire. Há demasiada informação. Não sei o que fazer com ela. Largo tudo. Até ao dia - seguinte - em que volto a mergulhar nos meus planos e nas minhas papeladas.
O reverso da medalha é o de sempre: tempo? pouco, muito pouco. Aplicas o que aprendes? Pouco muito, pouco. Vai deixar de o fazer? Nunca na vida.

Pretty Stuff Tumblr

...e-courses, e-books, tutorials, you name it. It is as simple as reaching a stage in your life where you know exactly what you are interested in, that you can choose which way to go. Even better, studying knowing that you won't be evaluated.
I'm in, as far as it interests me. If I had a certificate for each course I did, there wouldn't probably be enough walls around the house to hang them, I collect e-books that are carefully printed - please don't get your eco talk in at this moment. I like to read, underline, take notes. To see my desk flooded with paper. Looking at the folders, all lined up in the shelves. Follow the advices or not caring at all and find out that my path is not that bad. I like to make plans about what I learn, I like the process of learning with no kind of compromise whatsoever, to feel that I'm growing with knowledge I chose to follow.
At some point I feel overwhelmed. I don't know which way to turn to. Too much information. I don't know how to handle it. I leave it all. Up to the day -the next day - where I go back to my plans and my papers.
On the other hand, the same as usual: time? Not much, really. Do you apply what you learn? Not really, but I'd love to. Will you stop doing it? Don't you even think about it.

Bodie and Fou

Image 1. Jane Cumberbacht / Image 2. Pretty Stuff / Image 3. Bodie and Fou

Leave a Comment

  1. Eu revejo-me aqui, excepto na parte de gostar de ver papéis na secretária. Mas de resto, sou tão online-course-dependente. :)

    ResponderEliminar
  2. tal e qual, se calhar não tão vorazmente e recentemente, nos últimos 5 anos, igualmente por falta de tempo... mas saber, conhecer, experimentar, aprender, ler, ler e ler...
    :)

    ResponderEliminar
  3. Definitivamente também gosto mais de papel impresso, mas evito ao máximo imprimir tudo, senão afogava-me em papéis. Mas também gosto, adoro sacar tudo o que a internet dá que eu possa ler para aprender, para me aperfeiçoar. :)

    ResponderEliminar
  4. Pois parece que não estou sozinha. Muita informação, pouco tempo para a aplicar. Com a diferença de eu a armazenar em formato digital. Quem sabe um dia, quando os rebentos crescerem, não poderei pôr em pratica as ideias que tenho na cabeça... :)

    ResponderEliminar
  5. uiiii....sabes que eu sou como tu...gosto de ter o papel na mão!!! Vícios? Muitos! Uns bons outros maus. Mas adoro livros, sou obcecada por livros de organização, cadernos, canetas, agendas, ...enfim! Se aplico os conhecimentos dos ebooks e livros fisicos? Aplico quase sempre! O pior é que o meu cérebro está sempre um passo á frente das minhas mãos....e acaba por ficar sempre tanto por fazer!!!!

    ResponderEliminar
  6. Acho que afinal tudo se resume a uma questão de tempo - ou falta dele!

    ResponderEliminar
  7. É engraçado como, por vezes, criamos uma empatia por alguém, sem sequer conhecermos essa pessoa pessoalmente. Agora vejo o porquê (neste caso específico). Porque partilhamos de um interesse comum, que nos enche a alma.
    Falta de tempo? Sim, sem dúvida. Se tivesse mais tempo, tiraria mais cursos, pesquisava mais horas, enchia paredes e cadernos e punha em pratica tantos projectos e ideias que ficam só na cabeça...

    ResponderEliminar
  8. Também me identifico com o que escreveu, adoro ler, aprender, ver, tudo... este mundo que temos hoje até que não é assim tão mau!
    Adoro o seu blog.

    ResponderEliminar
  9. A Miss Candee é uma querida! :D
    E sim, o mundo não é mau e até temos a sorte de viver numa era em que temos acesso a tudo!!!

    ResponderEliminar

Eu sei que comentar é uma chatice, mas adoro saber as vossas opiniões. Obrigada!!