O melhor do meu ano




Já devia ter escrito antes, mas o vai e vem do fim de ano foi mais forte que eu. A Catarina pediu que fizessemos um "O melhor do meu ano" e eu sou rapariga bem mandada. Por outro lado, torci ligeiramente o nariz porque não gosto destes balanços a olhar para trás. Desequilibra-me e posso cair. 
Não é difícil resumir o melhor do meu ano. O ano em que ganhei 40 anos, o ano em que senti o clique que me fez abrandar e repensar muito do que faço e de como o faço. O ano em que reencontrei amigos e conheci (em carne e osso) outros. O ano em que resolvi - a partir do meio do ano, é verdade - deixar andar, não me preocupar por antecipação. O ano em que aprendi que, tal como diz a Catarina, a vida resolve-se sozinha. Mal ou bem, não interessa. Resolve-se e pronto. E foi o ano em que retomei a escrita, que descobri que afinal até me lêem e que afinal até gostam (ou então são simpáticos e não querem dizer a verdade).
Ainda assim, não foi um mau ano. Que o que começa hoje seja ainda melhor. Feliz Ano Novo!

Adeus2013

Imagem by Moi

Leave a Comment

  1. Ana, e que este seja um ano repleto de momentos que valham a pena recordar.

    Go, go girl!

    ResponderEliminar
  2. Vai ser de certeza, Margarida!! E para ti também!

    ResponderEliminar
  3. Também estou a uns dias de chegar aos 40. Bom ano! Adorei o blog!

    ResponderEliminar
  4. Olha, não diria nada que tens 40 anos. Gostei da parte em que dizes que te desequilibras com os balanços.
    Ainda assim, acho que 2013 foi um ano bom. E tenho a certeza que 2014 irá acompanhar. Um feliz ano para ti e vemo-nos brevemente com toda a certeza

    ResponderEliminar
  5. Bom Ano para as duas!!
    @Analog Girl, não me sinto com 40 anos! Acho que é esse o truque da coisa!

    ResponderEliminar
  6. Foi um reencontro do caraças!!! Um ponto alto de 2013, pelo menos para nós!! Que 2014 traga também bons momentos!

    ResponderEliminar
  7. Feliz 2014! Que seja feliz, cheio de saúde e amor e... muitas ideias concretizadas! Um beijinho*

    ResponderEliminar

Eu sei que comentar é uma chatice, mas adoro saber as vossas opiniões. Obrigada!!