15 maneiras de organizar a casa para o Ano Novo





O ano acaba já amanhã e não há coisa pior do que acaba-lo com tudo por arrumar. Quando a minha OCD ataca, tento acalmá-la com uma arrumações. A verdade é que ver as coisas fora de sítio revolta-nos o cérebro e muitas vezes não conseguimos fazer nada porque está tudo fora de sítio. Começar o dia 1 a olhar para uma casa minimamente arrumada traz, acreditem, alguma paz de espírito e liberta-nos a cabeça para gozar o dia. E não dá trabalho nenhum, perde-se no máximo uma hora, sabiam?
É importante que arranjem dois sacos: um para lixo e outro para porem as coisas fora de sítio. No final vão separá-las e arrumá-las nos sítios certos:

Começamos pela cozinha...
1. Frigorífico - tirar tudo quanto é restos e deitar fora ou fazer uma refeição com eles. Ver datas de validade, legumes mortos nas gavetas, carne a ficar esverdeada, arrumar as coisas no respectivo sítio para ficar organizado;
2. Loiça - Meter a loiça suja na máquina (ou lavá-la caso não haja máquina). Arrumar toda a loiça nos armários para as bancadas ficarem desempedidas. Levar o lixo para a rua;
3. Despensa - dar uma volta rápida para organizar tudo: latas, pacotes. Deitar fora ou pôr à vista para ser comido rapidamente tudo quanto são pacotes abertos com alguma coisa (no caso de arroz, massas etc, meter tudo em potes de vidro). Ver datas de validade;
4. Limpar bancadas e pôr tudo direito, nos seus respectivos sítios;
5. Olhar à volta e admirar a diferença (às vezes não é muita diferença aos nossos olhos é mais na nossa cabeça)

Passamos à sala...
6. Arrumar os sofás, pôr almofadas  e mantas direitas;
7. Escolher jornais e revistas: guardar o que é para guardar, deitar fora o que já não serve;
8.Pôr tudo quanto é objectos no seu respectivo sítio. Tirar os casacos das cadeiras e guardá-los no armário. Sapatos largados na noite anteror de volta para o quarto.

e daí para o quarto...
9. Fazer a cama (é quase suficiente para ficar com outra cara!);
10. Arrumar a roupa em cima da cadeira e do criado mudo: Lavandaria, para lavar, para guardar. Arrumar logo tudo para não ficar a fazer monte.
11. Dar uma arrumação ao armário: pôr as camisolas direitas, tirar as cruzetas vazias e fechar a porta no fim que dá logo outro ar.
12. Dar uma arrumação nas mesas de cabeceira: livros, lenços, relógios, tudo organizado!

e acabamos na casa de banho.
13. Passar o chuveiro na banheira (caso não o façam sempre que acabam de tomar banho);
14. Pôr as toalhas direitas;
15. Guardar frascos que deviam estar no armário, alinhar os que são de ficar na banheira.

Em todas as divisões há coisas que estão na divisão errada: essas são postas dentro de um dos sacos de que falei no inicio. No fim, abre-se o saco, escolhe-se e arruma-se nos respectivos sítios de imediato. Um dos truques para isto resultar é fazer/arrumar logo, não deixar para depois, porque já se sabe que não fazemos.

E então? Não ficou logo outra coisa? Eu sei que não resolve o problema a fundo, mas o simples facto de olharmos à volta e vermos tudo arrumado alivia o stress de pensarmos que temos-de-ir-descobrir-o-que-é-que-morreu-no-frigorifico-para-cheirar-tão-mal. Se fizerem isto uma vez por semana ( a primeira vez pode demorar um pouco mais, mas depois torna-se rápido) vão ver que resulta lindamente! Cabecinha arejada, eu bem digo! E vocês, também têm ataques de OCD como eu?

Imagem de Sarah Morris via The Guardian

E que tal seguirem o blog por aqui?

Leave a Comment

  1. Esses ataques de OCD tenho todos os dias de manhã depois de me arranjar para arrancar a trabalhar.
    Trabalho em casa e confesso que não consigo nem ligar o computador se não estiver tudo organizado e minimamente apresentável como se fosse ter uma visita de ministra (leia-se a mãe) em casa.
    Só a manta em cima do sofá tem direito a não ficar dobrada.
    Ao longo do dia a coisa começa a ficar pior.... especialmente a mesa de trabalho que fica o CAOS completo!
    Beijocas
    PS: essa teoria do saco... interessante! Especialmente para o Pedro que nunca arruma nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada como começar o dia com tudo no sítio para não ocupar a cabeça! O saco pode ser uma caixa, tabuleiro, etc: pões lá tudo o que está fora da sua divisão e no fim pões tudo no sítio. Não falha!

      Eliminar
  2. Tenho ataques de OCD sim, e depois levo tudo atrás... :P
    Adorei a ideia do saco para arrumar as coisas fora de sítio, o maldito multitasking faz-me parar em cada canto para andar de um lado para o outro para arrumar coisas soltas. Isso parece-me muito mais eficaz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando fizeres isto a primeira vez vai demorar um nico mais, mas depois começas a ter mais prática. Cá em casa já há sitios onde não faço (a cozinha, por exemplo) porque ficam arrumados por natureza!

      Eliminar
  3. Eu não uso saco da tralha, mas um cesto para onde vou mandando o que é de outra divisão e não devia estar ali. Isto, claro, quando o ele mais velho não enche o cesto da tralha de jornais, para "depois ver"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Saco ou cesto o que interessa é que sirva, mas tira-o do alcance "do mais velho"!! :D

      Eliminar
    2. :D Não sei o que será pior... Se um gajo que junta "tudo no cesto" se um que não junta nada e só desarruma! Não há meios termos?

      Eliminar

Eu sei que comentar é uma chatice, mas adoro saber as vossas opiniões. Obrigada!!