O blog da vizinha: O que vai ser dos blogs em 2016?





Tal como nos outros anos, este ano não fiz balanços nem estabeleci objectivos para 2016. Tenho uma lista de coisas que quero fazer, mas como fazem parte do dia-a-dia não lhes quero dar muita importância. Na minha opinião, quanto mais atenção lhes dou ou quanto mais penso nelas pior fico e mais depressa desisto de as cumprir.
O mesmo não se passa com o blog. Quero aproveitar a minha "nova condição" para trabalhar mais nele e aproveitar para "puxar" pela comunidade de blogs que me rodeia. Não tenho o mega-segredo-que-vai-trazer-sucesso-a-rodos, mas tenho algumas soluções que sei que vão ajudar. A propósito disso, tentei fazer futurologia para 2016. Como será o novo ano para os blogs?
A resposta é simples: não sei mas o que quer que o ano traga, vai passar por muito trabalho. Não é fácil tentar descortinar como será o futuro de uma área que tanto pode dar como pode tirar, onde hoje estamos no topo para amanhã estarmos na fossa e sem modo de lá sair. O que sei é que vamos ter que dar muito ao dedo e trabalhar, minha gente!
A coisa é simples: todos sabemos que ter um blog dá trabalho, custa tempo e por vezes dinheiro. Convém que tudo isso seja aplicado e gerido da melhor forma, de preferência em posts originais, com boas fotografias e sobre assuntos que todos gostem. Atenção, não é só pegar no último red carpet, fazer copy/paste das fotos com uns comentários queridos ou arrasadores e esperar que nos façam uma standing ovation. É preciso puxar pela cabeça, fazer que todo o post agarre o leitor de tal modo que vai querer voltar mais vezes para ler o que publicamos. Não é fazer um post a pedido de uma marca, com um texto lamechas que se vê logo que foi copiado de um press release (e a piorar, ver que mais 10 blogs escrevem sobre o mesmo, no mesmo dia e que 9 deles copiaram o mesmo press release. Senhores das marcas, será que podiam ter mais atenção a isto?). O que eu quero dizer é que se pode fazer um post bom, com um bom texto, até de um rolo de papel higiénico cuja única função é limpar-nos o traseiro e ficar ali pendurado e abandonado na casa de banho. É preciso sermos diferentes e escrever o que sentimos. Fazer com que aquilo que se lê tenha sentido. Fazer com que o nosso conteúdo tenha conteúdo. Não é só escrever do fundo do coração, é escrever do fundo do dedo grande do pé.
Estas primeiras três semanas têm sido terríveis. Como sabem, as Leituras ao Pequeno Almoço de Domingo alimentam-se do que se publica por aí. Não o faço por falta de assunto mas sim porque acho que a colaboração entre blogs é do mais saudável que há. Tal como descubro muitos blogs assim, também eu gosto de divulgar coisas que acho interessantes. É mesmo assim; eu dou, tu dás, ninguém cobra porque ganhamos todos. A parte do "ganhamos todos" ainda não é percebida como deve ser, o que é uma pena. A produção dos outros blogs nos últimos tempos é uma miséria (e deste também!) que não merece ser partilhada com ninguém. Vejo blogs com 10 (10!) posts por dia em que o único propósito é vermos que são muitos profícuos na produção de posts; conteúdo 0. Blogs a falar do mesmo que os vizinhos. Blogs que deixam de aparecer - como eu, por vezes - porque o que nos rodeia é tão fracote que até nos põe os neurónios a dormir.
Pois, mas não é por aí, é exactamente o contrário; queremos conteúdo a sério, com fotografias lindas e um design bonito. Queremos ver um trabalho que se note que tenha sido pensado do princípio ao fim. Quero bloggers preocupados com o que publicam e não preocupados em divulgar o giveaway de uma esfregona com um par de luvas de borracha.
Volto a dizer: um blog dá trabalho. Façam com que esse trabalho valha alguma coisa. Façam com que o momento em que carregam no Publish vos faça sentir um arrepio na espinha. Trabalhem com o coração e com a cabeça em doses moderadas e equilibradas. Vamos a isso?

PS - às vezes tenho dificuldades em passar para o "papel" aquilo que me vai na cabeça. Se precisarem de um post mais "claro", leiam a Catarina, aqui.

Leave a Comment

  1. Eu não teria escrito melhor.
    Também ando com uma crise inspiracional e para não publicar só porcaria, prefiro ficar caladinha...
    Beijinhos e boa semana <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É geral, porque acho que Janeiro, apesar do bom tempo, não ajuda em nada. Mas vai melhorar, oh se vai!! Beijinhos e boa semana!

      Eliminar
  2. CARAGO.
    Conheci o Milk há muito pouco tempo, penso que através do Daydreams da Catarina e não podia ter escolhido melhor dia para me dedicar a leituras e comentários, melhor dia para ter passado por aqui.

    Se já tinha concordado com esse mesmo post da Catarina, concordo muito com este teu. Sou uma bebézinha nisto de ter um blog, não tenho tempo [raios! que desculpa cliché], mas essa garra, esse amor por criar algo de que nos orgulhemos é o meu combustível.

    Para complementar esta energia positiva que quero passar no meu Parmim, ando muito empenhada em separar o trigo do joio porque acredito que escolher melhor o que leio me dará melhor inspiração e força de vontade a (re)começar.

    Obrigada pelo teu contributo :p

    Parmim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carago, Diana!!! O que eu gosto de ouvir isso de boca cheia!!!
      O tempo, é óbvio, não é desculpa. Já sabes que basta querermos alguma coisa para a conseguirmos, certo? Mas já vais a meio caminho, por teres um combustível tão "limpo". E mais: queres ajuda? Pede. Não há vergonhas. Não é por eu ou outros andarmos aqui há mais tempo que não servimos para nada, antes pelo contrário, estamos cá para ajudar. Fico à espera!! E agora, vou visitar o teu Parmim! Bejinhos!

      Eliminar
    2. E olha que foi um carago bem lá do fundinho :)

      O tempo não é de todo desculpa. Sei que tudo gira à volta de uma boa gestão de algo que é tão precioso.

      Mas embora muitas vezes me apeteça escrever no Parmim, não quero publicar nada trapalhão (como sei que já fiz alguns posts), quando escrevo gosto de ficar feliz com as minhas palavras.
      E entre as quinhentas coisas que faço para além das milhentas horas de trabalho, o blog continua sossegado à espera do meu corpo e da minha alma. Não gosto de me dar pela metade, e sei que sou uma pessoa muito mais carnal que virtual, penso que seja essa a base do problema, que não o é. É uma escolha, como outras tantas.
      Claro que adorava dedicar-lhe mais tempo, mas o pouco tempo de qualidade que me resta tem de ser bem repartido, e prefiro sempre apostar no less is more.

      Consegues-me perceber? :)

      Eliminar
    3. Claro que percebo! Por que pensas que não publico tanto como gostaria? Prefiro estar quieta do que vir aqui encher chouriços e afugentar os poucos leitores que tenho! Mas sim, de corpo e alma é fundamental e equilibrar tudo é uma exercício complicado.

      Eliminar
  3. Só quero dizer: muito bem dito, Ana! Apoiada em cada palavra.

    ResponderEliminar
  4. Ana, muito obrigada pela partilha :) sabes que temos ambas uma visão muito próxima daquilo que queremos para a blogosfera, e tenho a certeza que a nossa visão ser realidade um dia. No dia em que quem só escreve para receber coisas deixe de as receber, que quem só escreve porcaria deixe de ter seguidores e no dia em que as marcas deixem de fazer as coisas às cegas... Pode parecer exagerado, mas eu acho mesmo que esse dia vai chegar :) Beijinhos e estou a adorar que te estejas a dedicar novamente mais ao Milk :) *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora essa, não há que agradecer! E sim, esse dia vai chegar, nem que nos esmifremos todas!!! Beijinhos!! (vou responder ao teu mal já, já!!)

      Eliminar
  5. Este post está absolutamente genial e meteste por palavras aquilo que penso e que sinto em relação a este assunto mas que ainda não tinha conseguido explicar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Ana e já agora, bem vinda!! ;)
      Às vezes é dificil pôr cá fora o que nos vai na alma, por isso é que escrevo a eito e nem edito. Só corrijo erros e pronto!! Beijinhos e espero ver-te por cá mais vezes!

      Eliminar
  6. Este teu post está qualquer coisa de extraordinário, Ana! Percebi (e ri-me) com as farpas que estão aí pelo meio. Aahahahha muito bom!

    Eu cá acho que 2016 vai trazer uma selecção natural muito necessária ao mundo dos blogs. Os que têm que cair, cairão, os que merecem prosperar, prosperarão. (qual Nostradamus...)
    Sinto que há algo no "ar", um feeling de mudança na blogosfera. Algo vai mudar, ah se vai! E acho que as marcas vão começar a acordar para a vida, confia. ;)

    Joan of July

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando reli o post no fim ei gargalhadas valentes com a "esfregona e o par de luvas". Sabes quando pensas: Onde fui buscar isto? Mais ou menos :).
      Pois sim, também eu, tal como tu e a outra Catarina, acho que isto vai mudar e que vai ser feita uma purga. E espero bem ajudar nessa mudança! Beijinhos!

      Eliminar
  7. Ola.
    Concordo com os dois textos, o teu e o da Catarina, que "contra mim falam".
    Serviu para mim como um bom momento de reflexão para melhorar.
    Tenho o meu blog à pouco tempo. Mas este pouco tempo já deu para perceber muito bem o que estão a falar.
    Só tenho a agradecer porque já me estou a preparar para trabalhar mais e melhor neste mundo dos blog, que para mim é fantástico.
    Muito obrigada. :)
    E parabéns, pelos dois blogs bonitos e acolhedores. (O teu e o da Catarina) ;)

    Beijinhos

    Caso queiras saber quem acabaste de ajudar basta visitar o meu blog
    http://vou-dar-isto-a-zeca.webnode.pt

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Zeca! Fico muito contente por ter abanado pelo menos uma pessoa! ;) Já o disse várias vezes: dá trabalho, mas é muito compensador - vês os comentários por aí acima? São uma das compensações :) mas há muitas mais. O ajudar, o colaborar e por aí fora. A vantagem é que não temos de ficar escondidos atrás do computador e se reparares bem é uma comunidade muito simpática e sempre pronta a ajudar. Tal como disse à Diana, lá em cima, se precisares de ajuda pede, também estamos cá para isso!
      E sim, claro que vou visitar o teu blogue! Gostei muito da tua visita e espero ver-te mais vezes! Beijinhos e vamos ao trabalho!

      Eliminar
  8. Concordo que é muito chato ver vários blogs com posts "iguais"... Falta de imaginação? Acho que é mais preguiça e "tomem prá ai qualquer coisinha porque já sou uma blogger famosa e não preciso de continuar a dar graxa ao cágado".
    Tenho um blog já há algum tempo, mas para mostrar o meu trabalho. Não tenho patrocínios nem faço publicidade a nenhuma marca, senão à minha.
    mas com o tempo tenho vindo a mudar um pouco a forma de publicar as fotos. agora já ponho um pouco mais de conversa para além dos trabalhos. Não tenho o dom de fazer belos textos, mas vai aos poucos.
    Boa semana
    Marta
    http://pitinhosdamarta.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Sim, é tudo misturado e uma grande falta de vontade de ser diferente. E ninguém nasce com o dom de tirar boas fotografias ou escrever belos textos: isso pratica-se e chega-se lá; não podes é ser demasiado exigente contigo e achar que nunca é demasiado bom e acabas por não fazer nada!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois esse último ponto é que acaba comigo... a exigência que tenho comigo.
      Mas está a ir aos poucos também. Posso não dizer grande coisa se não estiver inspirada, mas se tenho mesmo de publicar um trabalho, tento ser coerente e pelo menos as informações técnicas da peça estão lá :)
      beijinhos

      Eliminar
    2. É horrível, bem te entendo! Eu também sou uma chata comigo, mas devagar isto avi lá. Beijinhos!

      Eliminar
    3. Obrigada por responderes sempre aos meus comentários. Demonstra interesse e simpatia. Também não são todos o que o fazem.
      Não sei se já te convidei, mas se quiseres dar uma espreitadela aqui fica o meu endereço: http://pitinhosdamarta.blogspot.pt/
      bj

      Eliminar
    4. Não tens que agradecer :), afinal, é isto que mantém um blog vivo, ou não é? E já conheço o teu blog, vou lá espreitar de vez em quando. Devia comentar, pois devia, shame on me. Beijinhos!

      Eliminar
  10. Eu não escrevo todos os dias, muito longe disso. Porque quando escrevo, gosto que seja um bom texto, gosto que tenha conteúdo. Mas também eu tenho muitas vezes ideias na cabeça que quero passar para o papel/blog e não consigo por falta de tempo. Bom texto, Ana, sim senhora :) Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem de ser todos os dias, tem é de ter qualidade, de vir de cá de dentro! ;) Beijinhos e bom fim de semana!

      Eliminar
  11. Olá olá!!!
    tenho um blog há já 10 que esteve praticamente parado entre 2014 e 2015, por motivos digamos que "emocionais"... Senti que há momentos que é mesmo preciso PARAR, respirar fundo, expirar lentamente para depois continuar. E os meus planos para 2016 são exactamente isso! Fazer com o que o meu blog me diga muito e valha alguma coisa! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parar, respirar, pensar, afastarmo-nos dos computadores, vale tudo!!!! E vamos lá embora com esse blog para a frente! Vou dar-lhe uma olhadela, posso? :)

      Eliminar
    2. Ora pois concerteza, faça favor de entrar no meu singelo cantinho:
      http://espiralemflor.blogspot.pt/
      :)

      Eliminar
    3. Aiiiiii...... É um BLOG não é um cantinho, ok??? Cantinho é onde tens os teus livros, o cesto da costura ou coisa que o valha. Um blog merece ser tratado com mais respeito, não é? :)
      Gostei! Fez-me lembrar os meus tempos de costura, com a Tia Anica!

      Eliminar
  12. Eu nunca me enquadrei no registo do tipo de blogs que descreves no teu texto. Há muito tempo que ando nestas andanças, e tenho mantido sempre o meu registo; mais a puxar para o cómico! Acho que às vezes, ao tentarmos agradar aos outros e ao irmos atrás da manada, esquecemo-nos do que é mais importante; a nossa verdadeira essência. Gostei muito do teu espaço, produzes contéudo interessante e agradável à vista. E que bom que isso é :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ainda bem que manténs o teu registo, porque isso é essência de um blog! Escreveres "cá de dentro" seja com humor ou não - seres tu e esquecer a manada! Bora lá? Beijinhos!

      Eliminar
  13. Finalmente arranjei tempo para vir aqui ao Milk e para ler com olhos de ver (já tinha passado por cá, mas numa visita rápida demais).

    Este post é tão mas tão bom! Desde que tenho o blogue que tento ser cada vez melhor. E se publico com menos frequência, não é porque nõ tenha ideias (Graças ao senhor, nasci com a cabecinha cheia delas!). Mas sim porque não tenho as fotos como gostaria, ou o texto não está a sair como quero. E recuso-me a publicar algo que não me enche as medidas! Claro que nem sempre fica perfeito, principalmente as fotografias. Mas tenho de atingir um certo nível de satisfação com as minhas publicações. Para fazer tudo às três pancadas... Não vale a pena! Há blogues com milhares de seguidores, mas são tão ocos que as pessoas garantidamente só vão lá pelas carradas de giveaways que saem por dia. Que valor tem isso? Mesmo para as marcas... Não entendo quando marcas patrocinam blogues assim. Não é publicidade inteligente, não é focado em público algum. Enfim. Poderia ficar aqui a dissertar mas acho que já dissemos o essencial :p

    Bom post e excelente blogue Ana! Vou voltar com toda a certeza :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olé! Obrigada pela visita tão efusiva! E espero mesmo que voltes.
      Ter um blog é isso mesmo: saber quando temos um post "perfeito" para ser publicado, mas atenção: não podes ser escrava disso. A perfeição não existe e tens de saber quando parar e pensar: "Está bom, mas não perfeito. Mas está bom e isso é que interessa." Percebes? Eu sei que é dificil explicar, mas este truquezinho é fundamental para conseguirmos andar para a frente. Acredita, se fosse por aí, acabava por nunca publicar. Beijinhos!! (E espero ver-te mais vezes por cá!)

      Eliminar

Eu sei que comentar é uma chatice, mas adoro saber as vossas opiniões. Obrigada!!